Obra Social celebra 110 anos de história com jantar

Obra Social celebra 110 anos de história com jantar

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Entidade salesiana promoveu um jantar para celebrar a data de fundação

A Obra Social São João Bosco de Campinas completou 110 anos de fundação no dia 24 de junho e celebrou a data com um jantar comemorativo, realizado no dia 28, no Hotel Vitória, localizado na mesma cidade.

O evento reuniu pessoas que fazem parte da história da obra social: ex-alunos do Externato São João – antiga denominação da entidade enquanto era escola básica -, autoridades, colaboradores, apoiadores do trabalho desenvolvido, salesianos, parceiros e pessoas que se identificaram com a obra nos últimos dias, devido à divulgação do jantar.

O jantar contou com a presença de Padre Justo Ernesto Piccinini, inspetor da Inspetoria Nossa Senhora Auxiliadora, salesianos de vários lugares do Estado de São Paulo, Padre José Eduardo Meschiatti, administrador diocesano da Arquidiocese de Campinas, Padre Valério Santos, reverendo da Igreja Ortodoxa, além de vereadores e de Álvaro Cotomacci, vice-cônsul da Itália em Campinas.

Além de uma celebração desta longa jornada, a obra social teve a oportunidade de fazer com que mais pessoas conhecessem o trabalho socioassistencial desenvolvido. Uma celebração cheia de memórias e repleta de significados a esta organização que foi escola primária por 85 anos e, há 25 anos, mudou a abordagem de sua educação e passou a atender diariamente mais de 2.200 pessoas – entre crianças, adolescentes, jovens e adultos -, que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Graças ao fundador, Dom Bosco, que incita um trabalho voltado à juventude menos favorecida, a Obra Social São João Bosco pode promover um trabalho que, há 110 anos, constrói sonhos e transforma realidades.

Comunicação OSSJB - Mariana Ignácio

Comunicação OSSJB - Mariana Ignácio

Notícias interessantes para você!

Artigos

Você sabe o que é um patrono?

Por Irmão Eduardo Toledo de Melo – Coordenador de Pastoral Se olharmos para a origem (ou seja, para a etimologia) da palavra veremos que ela vem